terça-feira, 30 de junho de 2015

18º Festival do Camarão começa no dia 15 de julho em Caraguá

Além da gastronomia a base do crustáceo, o evento oferece até o dia 19/7, uma extensa programação
cultural com o intuito de valorizar, preservar e promover a cultura caiçara

Começa no dia 15 de julho (quarta-feira), em Caraguatatuba, na Praça da Cultura (antiga Praça de Eventos, no Centro), a 18ª edição do Festival do Camarão. Além da gastronomia a base do crustáceo, o evento oferece até o dia 19 de julho (domingo), uma extensa programação cultural com o intuito de valorizar, preservar e promover a cultura caiçara.
O festival começa na quarta-feira, às 19h, com a Banda Municipal Carlos Gomes e o Água Viva Coral. De quinta-feira a domingo, das 10h às 24h, além da programação musical, o público poderá conferir também, diversas atrações como a Casa Caiçara, que oferecerá café de garapa feito no fogão a lenha e xarope de Caraguatá; Casa da Farinha, com exposição de todo maquinário utilizado para a feitura da tradicional farinha de mandioca; cunhagem de canoa no tronco do Guapuruvu e a produção da rede de pesca; tenda do Polo Cultural Profª Adaly Coelho Passos, com a exposição fotográfica “Memória” e a audiovisual “Recontando Caraguá”, com depoimentos de antigos moradores sobre a vida caiçara e publicações literárias; e a Tenda das Artes, com artesanato identitário de Caraguá, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba para apreciação e comercialização.
No domingo, às 10h, o festival promoverá a Corrida de Canoa Caiçara em frente à Praça da Cultura. Mais que entretenimento para as famílias pesqueiras, a corrida é uma forma de resgatar e manter a tradição. As inscrições devem ser realizadas a partir das 9h. A novidade desta edição, é que também no domingo, a partir das 12h, integrando a programação do evento, será promovido o 4º Festival de Música Raiz de Caraguatatuba.
O Festival do Camarão é uma realização do Governo Municipal por meio da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, em parceria com a Associação de Pescadores da Praia do Camaroeiro. Mais informações: (12) 3897.5661 ou www.fundacc.com.br.

Confira abaixo a programação completa do 18º Festival do Camarão:

Dia 15/7 – Quarta-feira
Às 19h – Banda Municipal Carlos Gomes e Água Viva Coral
Às 21h – Li Maria

Dia 16/7 – Quinta-feira
Às 21h – Anderson Coelho

Dia 17/7 – Sexta-feira
Às 20h – Taty e Vitor
Às 22h – Guayi canta o Mar

Dia 18/7 – Sábado
Às 13h – Helô Figueiredo
Às 20h – Giselle Maria
Às 22h – Caraguá Jazz Sinfônica e Mara Amaral

Dia 19/7 – Domingo
Às 10h – Corrida de Canoa Caiçara
Às 12h – 4º Festival de Música Raiz de Caraguatatuba
FONTE. FUNDACC
Acesse o site

Teatro Mario Covas Programação l Julho/2015


Espetáculo “Enquanto houver Encanto” – Projeto Mosaico Cultural
Dia 3 – sexta-feira – às 20h
Teatro Mario Covas
Ingressos: 1 litro de leite para a entidade social Luz do Caminho
Classificação: Livre
Em um rabo de cometa, um viajante inquieto, pousa num planeta misterioso. Logo, descobre que seu amigo, um ratinho de esponja, veio junto em seu bolso, e ele passa a direcioná-lo para diferentes cenas. Algumas poéticas, como uma dança de focos de luz apoiados magicamente nas mãos vazias ou mesmo levitando em pleno ar; outras divertidas, com aparição de bolas de todos os tipo e jogos desastrados. Unindo Mágica e Mímica, o espetáculo conta a história de um viajante que interage com o mundo e encontra a magia no que há de mais simples.

Espetáculo “Friks” – Oficina dos Menestréis de Ubatuba
Dias 7 e 8 – terça e quarta-feira – às 20h30
Teatro Mario Covas
Ingressos: R$ 60 / R$ 30
Classificação: Livre
O Palco é o local onde o artista transborda todas as suas sensações: medo, alegria, loucura, tristeza, solidão. Com banda ao vivo e coreografias originais, a Oficina dos Menestréis vai guiar a plateia dentro desse universo de sensações
e sentimentos no musical de Candé Brandão. Com rica e belíssima iluminação, o elenco se incorpora ao sentimento de cada cena, texto, coreografia, nas músicas conhecidas desde sempre e nas compostas exclusivamente para o musical.

Espetáculo “Callas” com Silvia Pfeifer e Cássio Reis
Dia 11 – sábado – às 21h
Teatro Mario Covas
Ingressos: R$ 50 / R$ 25 antecipado e R$ 60 / R$ 30 no dia
Classificação: 12 anos
Dirigido por Marília Pêra e interpretado pelos atores Cássio Reis e Sílvia Pfeifer, o espetáculo é uma montagem de um documentário vivo com comoventes relatos de uma artista iluminada pelos Deuses e frágil mulher em busca de amor. Em 16 de setembro de 1977, o mundo perdeu Maria Callas aos 53 anos, vítima de um ataque cardíaco. Sua história de vida foi tão dramática quanto as personagens que interpretou nas óperas. A maior soprano da história teve sua vida marcada por glórias e tragédias erevolucionou a história da ópera e ainda hoje é considerada a maior cantora lírica de todos os tempos. 
  
Show com a banda “Jamz”
Dia 17 – sexta-feira – às 21h
Teatro Mario Covas
Ingressos: R$ 60 / R$ 30 no 1º lote e R$ 80 / R$ 40 no 2º lote
Classificação: Livre
A banda Jamz nasceu a partir do encontro de jovens músicos que traziam uma bagagem musical excelente, tiveram uma grande sintonia, identificação musical e começaram a curtir as primeiras jam sessions. Por meio do Youtube, a banda foi ganhando fãs, chegou à TV, quando ficou entre os finalistas do reality show SuperStar, e atualmente percorre o Brasil com shows cada vez mais concorridos. Com o recém-lançado CD, intitulado “Insano”, o repertório passeia pelo soul, o R&B e o pop jazz, com músicas autorais como “Insano”, “Pra Que Parar” e “Natural”, além de releituras de clássicos como “Something” (The Beatles), “Rational Culture” (Tim Maia) e “Everything I Own” (Bread).

Espetáculo de dança “RT – A história, onde tudo começou”
Dia 24 – sexta-feira – às 20h
Teatro Mario Covas
Ingressos: R$ 10 / R$ 5
Classificação: Livre
O grupo de Dança de Rua “RT”, criado pela coreógrafa Rogéria Thomé no final da década de 90, apresenta um espetáculo especial, no qual, conta por meio da dança a história da companhia desde seu início. Na sua trajetória, o grupo vem participando de inúmeros festivais de destaque na região e em outros estados do país e já conquistou 58 troféus nas categorias infantil, juvenil e adulto.

Espetáculo “O Fantasma da Minha Sogra”
Dia 25 – sábado – às 21h
Teatro Mario Covas
Ingressos: R$ 40 / R$ 20 antecipado e R$ 50 / R$ 25 no dia
Classificação: 12 anos
Falar de sogra sugere piadas, cenas engraçadas e situações hilárias, imagine uma comédia, na qual o fantasma da sogra volta para se vingar do genro? Um genro safado, que passou a vida tapeando a sogra, se apoderando dos seus pertences e usando a filha por interesse como chantagem para aumentar sua fortuna.  Morreríamos de pena se a história acabasse assim. Mas ela volta em forma de fantasma para se vingar e ainda, usa a coitada da empregada que é uma sensitiva de quinta categoria para intervir neste plano.


O Teatro Mario Covas está localizado na Avenida Goiás, nº 187, no Indaiá, em Caraguatatuba. Mais informações: (12) 3881.2623 ou www.fundacc.com.br


 Natasche Annunciato  Assessoria de Imprensa
Fundacc - Fundação Educacional e  Cultural de Caraguatatuba

(12) 3897.5660 / 9 7406.2681
FONTE. FUNDACC

sábado, 27 de junho de 2015

Bee Gees Alive apresenta show “One Night Only” neste sábado no Teatro Mario Covas

O Teatro Mario Covas apresenta no próximo sábado (27/6), às 21h, o show “One Night Only” com a banda Bee Gees Alive, a primeira banda brasileira cover dos Bee Gees. A apresentação já foi vista por mais de 900 mil pessoas desde a sua estreia em 2003, e vem arrastando multidões e emocionando o público por onde passa.
A qualidade do trabalho e a incrível semelhança das vozes com as dos irmãos Gibb, fizeram com que a banda cover fosse aclamada pela crítica especializada internacional como uma das três melhores bandas tributo aos Bee Gees em todo o mundo, dividindo o reconhecimento com grupos da Austrália e do Japão. Atualmente, o Bee Gees Alive percorre o Brasil realizando apresentações com lotação máxima por onde passa e consolidou-se como atração de sucesso em casas do porte de Bourbon Street, Via Funchal, Sol Music Hall (Goiânia), Opera Hall (Brasília), Teatro Positivo (Curitiba), Teatro Crowne Plaza e Teatro São Paulo.
No show, o público poderá conferir um repertório especial, composto por clássicos como “Massachusettes”, “Words”, “To Love Somebody”, “Stayin’ Alive”, “More Than a Woman” e “I Started a Joke”, entre outros.
Os ingressos custam R$ 80 inteira e R$ 40 meia-entrada e na promoção, quem doar 1 Kg de alimento não-perecível no ato da compra, também paga meia, e podem ser adquiridos na livraria Nobel (Serramar Shopping), na loja Himpacto (Caraguá Praia Shopping), no sitewww.ingressorapido.com e na bilheteria do teatro no dia da apresentação, a partir das 14h.
O Teatro Mario Covas está localizado na Avenida Goiás, nº 187, no Indaiá. Mais informações: (12) 3881.2623 ou www.fundacc.com.br.

Sobre os Bee Gees
Nascidos na Inglaterra, os irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb passaram boa parte da infância e adolescência na Austrália, onde começaram a compor e cantar como profissionais. Após terem gravado seu primeiro compacto em 1963, logo esgotaram o potencial de evolução naquele país. Em 1967, já de volta à Inglaterra, iniciaram com sucesso uma promissora carreira internacional que prosseguiria por dois anos. Após um período de indefinições no início da década de 70, em 1974 o grupo passou a contar com a colaboração do renomado produtor Arif Mardin, que fez com que os Bee Gees retomassem o caminho do sucesso. O auge viria em 1977, com a trilha do filme “Saturday Night Fever”, que levou o grupo a quebrar dezenas de recordes da indústria fonográfica.Encerrada a febre dos embalos e vítimas de um longo período de superexposição, os irmãos Gibb atravessaram a década de 80 com pouca produção própria, dedicando-se, no entanto, a produzir sucessos para nomes como Barbra Streisand, Dionne Warwick, Kenny Rogers e Diana Ross. Nos anos 90, superado o preconceito com os artistas da era disco, os Bee Gees começaram a reconquistar o respeito do público e da crítica, recebendo inúmeros prêmios internacionais, entre eles a indicação para Rock'n'Roll Hall of Fame. De 1997 a 1999, realizam sua última turnê mundial, “One For All”, que resultou em um DVD que até hoje figura entre os mais vendidos no Brasil. O último álbum de estúdio viria em 2001. Com a morte de Maurice Gibb, em 2003, os Bee Gees fecharam um ciclo de 40 anos de música, sucesso e popularidade.
 FONTE.FUNDACC
Acesse o site

CURTA AS MELHORES PRAIAS !



Acesse 
www.caraguaonline.com

O Seu Portal de Caraguatatuba na Internet.


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Fundacc prorroga prazo das inscrições para 4º Festival de Música Raiz de Caraguatatuba


O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis no site
www.fundacc.com.br/portfolio/editais-e-licitacoes/

A Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba prorrogou até a próxima sexta-feira (3/7) os prazos das inscrições para o 4º Festival de Música Raiz, que será realizado no dia 19 de julho (domingo), a partir das 12h, na Praça da Cultura, antiga Praça de Eventos, no Centro, integrando a programação cultural do 18º Festival do Camarão.
Os interessados em participar devem realizar a inscrição via correio, pessoalmente ou pelo representante legal, munido de procuração com firma reconhecida, na sede da Fundação, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis no site www.fundacc.com.br/portfolio/editais-e-licitacoes/. Poderão se inscrever duplas ou trios e os instrumentos utilizados deverão ser viola caipira, violão e acordeom, sendo imprescindível a utilização de pelo menos um instrumento de cordas. A lista com as dez duplas e trios selecionados será divulgada no dia 8 de julho no quadro de avisos gerais e no site da Fundação.
Haverá premiação em dinheiro para os primeiros 5 colocados: R$ 1,5 mil, para o primeiro; R$ 1 mil, para o segundo; R$ 600, para o terceiro; R$ 400, para o quarto; e R$ 300, para a quinto colocado.
A sede da Fundacc está localizada na Rua Santa Cruz, nº 396, no Centro de Caraguá. Mais informações: (12) 3897.5660. 
FONTE. FUNDACC
Acesse o site

quinta-feira, 25 de junho de 2015

BNDES e Sabesp assinam contrato para ligar Paraíba do Sul ao Cantareira

Segundo a Presidência, o financiamento do banco vai ser de R$ 747,4 mi.
Presidente Dilma e governador Alckmin acompanharam ato em Brasília.


Representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) assinaram nesta quinta-feira (25) contrato de financiamento para as obras que vão ligar as represas Jaguari (Bacia do Paraíba do Sul) e Atibainha (Bacia do Sistema Cantareira).
Segundo o governo paulista, a obra de ligação das represas é necessária para garantir a segurança hídrica na região metropolitana de São Paulo e custará R$ 830 milhões. O financiamento do BNDES vai ser de R$ 747,4 milhões.
De acordo com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, as obras de ligação do Paraíba do Sul ao Cantareira terão 20 quilômetros de extensão. Em discurso no evento, o governador frisou que a seca registrada no ano passado foi a maior da história.
“O desafio que nós enfrentamos em 2014, senhora presidenta, foi a maior seca da história. No século passado, o ano que menos choveu foi 1953 na região do Cantareira. No ano passado, em 2014, choveu a metade de 1953. E essas mudanças de pluviometria e climáticas podem ter vindo para ficar. Esta é uma obra estruturante”, disse o governador.
Após a assinatura do contrato de financiamento, a presidente Dilma Rousseff também discursou e afirmou que os governos federal e de São Paulo têm sido “parceiros, dentro das possibilidades”.
“E, desde o início da crise hídrica que se abateu sobre o Brasil, tanto no Nordeste como no Sudeste – e o governador tem toda razão porque a hidrologia que tivemos nos últimos anos está completamente fora da curva –, tomamos atitudes”, disse a presidente.
A cerimônia de assinatura do contrato ocorreu na Sala de Audiências do Palácio do Planalto, salão com capacidade para 30 pessoas. Entre os presentes, estavam ministros, como Aloizio Mercadante (Casa Civil), Gilberto Kassab (Cidades) e Nelson Barbosa (Planejamento), o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e integrantes do governo de São Paulo.
De acordo com o governador de São Paulo, com as obras, a capacidade de reservas das duas represas dobrará, passando de 1 bilhão de metros cúbicos por segundo para 2,1 bilhões. Na avaliação de Alckmin, a transposição diminuirá a “vulnerabilidade” dos sistemas.
“Com os dois reservatórios integrados, isso se torna uma via de mão dupla. São 20 quilômetros de obras, sendo 13 quilômetros de adutoras e 6 quilômetros de túneis. Esta é uma obra importante e no dia 29 vai ser a abertura da última fase, o pregão eletrônico. Se não tiver nenhum problema jurídico, partiremos, então para a assinatura do contrato. É uma obra estruturante e preparada para 2017”, disse o governador.
Alckmin disse que não haverá rodízio no fornecimento de água no estado. “Estamos preparados para o período seco”, acrescentou.
Parceria
Ao comentar as declarações da presidente, Alckmin disse que é “dever” dele e de Dilma serem “parceiros”. Ele afirmou que o Brasil é uma república federativa e os governos precisam trabalhar pela população, “principalmente neste momento”.

“O dinheiro público de São Paulo não é do PSDB, assim como o federal não é do PT, eles são do contribuinte e precisam ser aplicados de acordo com o interesse público. […] Disputa eleitoral precisa ser feita, mas tem seu momento exato. Fiscalização é necessária, críticas e denúncias, agora, os governos precisam trabalhar pelo povo”, disse o governador.
‘Tranquilidade relativa’
Após a cerimônia no Palácio do Planalto, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, disse que o governo tem “tranquilidade relativa” quanto ao fornecimento de água no estado. Segundo ele, isso se deve às incertezas sobre a quantidade de chuva que haverá em São Paulo este ano.

“A tranquilidade sempre é relativa em relação à questão pluviométrica. Não existe certeza em relação a volume de chuva. A tranquilidade relativa é porque temos um fato concreto, que é o ano de 2014, um dos piores na história de São Paulo. Se tivermos 80% [das chuvas registradas em 2014], portanto um ano pior do que 2014, mesmo assim vamos conseguir atravessar 2015”, disse Kassab.
Segundo ele, houve, tanto em 2014 como neste ano, campanhas educativas no estado sobre consumo consciente da água, o que fez com que os reservatórios conseguissem aumentar sua capacidade de armazenagem de água.
FONTE.Filipe Matoso Do G1, em Brasília
Acesse o site

Pista de patinação é atração em Caraguá

Caraguá recebe a primeira pista de patinação sobre rodas do país, a Roller Jam. A pista, que possui 120 m2, foi montada na Praça de Eventos do Serramar Shopping. A atração permanece na cidade até o dia 10 de setembro e tem classificação livre.
Enquanto patinam, adultos e crianças se animam com hits dançantes das décadas de 80 e 90. O interessado tem a opção de levar o próprio patins, ou utilizar o da empresa.  

O Roller Jam está aberto de terça a sexta, das 14h às 22h; sábado, domingo e feriado, das 12h às 22h. Quem quiser patinar por 30 minutos, o valor é R$20; uma hora é R$25 e, quem levar o próprio patins, por uma hora, paga R$15.
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4561-0090 ou pelo site www.rollerjam.com.br.
Terça a sexta - 14h às 22h
Sábado, domingo e feriado – 12h às 22h
Valores: 30 minutos – R$20
            1 hora – R$25
            1 hora com patins próprio – R$15
Serramar Shopping
Avenida José Herculano, 1.086
Rodovia Caraguá/São Sebastião – Km 5
FONTE. PREFEITURA DE CARAGUATATUBA

Caraguá assina Termo de Cooperação Técnica para elaborar Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica


Na manhã desta quinta (25/6/2015), o vice-prefeito de Caraguá, Antonio Carlos Junior, esteve na Assembleia Legislativa, em São Paulo, e participou do lançamento da Frente Parlamentar Ambientalista e pelo Desenvolvimento Sustentável. A prefeitura e a Fundação SOS Pró-Mata Atlântica assinaram o Termo de Cooperação Técnica para implementar o Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMA), instrumento de gestão ambiental previsto na Lei Federal 11.428/2006.
 
assinatura
Caraguá se comprometeu, por exemplo, a compor o Grupo de Trabalho para elaboração do plano e propor ao Conselho Municipal de Meio Ambiente a formar uma comissão técnica interinstitucional para participação e acompanhamento da elaboração do PMMA.
 
De cunho suprapartidário, a frente ambientalista lançada hoje foi criada pelo ato 92/2015, de 22 de abril, com a adesão de 31 deputados. O objetivo é apoiar as políticas públicas e ações que promovam o desenvolvimento sustentável no Estado, contribuir para o seu aprimoramento, o aperfeiçoamento da legislação em vigor e sua efetiva aplicação e fiscalização. A frente estadual tem a ONG SOS Mata Atlântica, que atua há 30 anos no país, como colaboradora.
 
O vice-prefeito disse que o evento foi de extrema importância. “Precisamos ter um grande respeito 
assinatura
pelo Meio Ambiente, tendo em vista que os recursos naturais são finitos. Hoje, Caraguá é pioneira nesta parceria com a SOS Mata Atlântica e a Assembleia Legislativa para que, juntos, possamos discutir todas as questões ambientais”, destacou.
 
A Frente Parlamentar tem ampla pauta a ser debatida e compartilhada com os colaboradores e com foco na 
estratégia para o desenvolvimento sustentável do Estado de São Paulo. O governo paulista lançou 40 metas para serem cumpridas até 2020, com propostas que contemplem iniciativas de conservação ambiental, proteção aos recursos naturais, sustentabilidade da matriz energética, aumento da competitividade da economia em um contexto de economia verde, melhoria na gestão pública e financeira, além de erradicação da extrema pobreza e aumento da qualidade de vida
FONTE PREFEITURA DE CARAGUATATUBA